17 de nov de 2012

O mais novo membro da família

Hoje tirei o dia pra fazer duas coisas com minha princesa: armar a árvore de Natal, enfeitar alguns lugares da casa com motivos natalinos e armar um esqueleto que minha mãe deu pra ela - esses que vendem nas bancas de revistas por fascículos. Presente da avó, mas sobrou pra mim, né? Foram 35 semanas de espera para o tão esperado momento e ela quis primeiro montar o esqueleto.
Então, lá fomos nós nessa tarefa que pensei que tiraria de letra. Me enganei. Não que fosse difícil, pois teve as instruções que foram perfeitas. O probleminha foi o trabalho que deu pra armar tudo, peça por peça, encaixe por encaixe. Acabei fazendo-o em duas etapas: antes do almoço (ainda bem que tomamos café da manhã mais tarde) e depois do almoço, e bem depois de colocar a coluna no lugar, a minha coluna.
O resultado não podia ter sido melhor.

Aqui, algumas fotos durante a montagem.




Trabalho concluído com direito a modelo posando junto com o mais novo membro da família.






Junto com cada parte do corpo humano que vinha semanalmente, colecionamos também os fascículos e todos foram colocados numa capa dura que veio por último, excelente material para pesquisa.






Linguagem fácil de entender e imagens perfeitas.




E aqui, no seu lugar definitivo, tendo como companhia as bonecas, principalmente Barbies.


Mas este trabalhinho não terminou por aqui. As próximas etapas são os músculos e a cabeça. No total são 64 fascículos. Ainda faltam 29. Para saber mais, clique aqui.

Ah, já ia esquecendo: a árvore e os enfeites de Natal ficaram para amanhã.


Um comentário:

Marina disse...

Eu era doida pra ter um esqueleto desses! Sonho de infancia não realizado, mas um dia eu ainda compro kkkk (se for fazer medicina vou ver muito desses esqueletos).
Qual o nome do esqueleto? Ainda não tem?