22 de jun de 2012

Na maturidade do amor

Me encantei.
Depois me desencantei.
Sofri, chorei, esperneei, desabei.
Tive esperança.
Questionei até me resolver.
Agora, vou atingir a maturidade.
Vou me reintegrar, tomar posse do amor. Deixar ele me invadir mais uma vez. Vou investir neste sentimento que me levava à loucura.
Agora não leva mais. A maturidade é serena, suave, paciente e perspicaz.
Tenho um amor incondicional, que me direciona e ao mesmo tempo me deixa sem chão, que me faz flutuar de tanta alegria. Esse amor me faz restabelecer a ordem na minha vida, restaurar meu dia a dia, me dar força. Ele é pleno, é total, é inteiro e recíproco.
O amor da minha vida.



Este post está participando da Blogagem Coletiva "Amor aos Pedaços", do blog da Luma.


15 comentários:

Orvalho do Céu disse...

Olá, querida
Que bom vc ter encontrado o amor integral... verdadeiro!!!
Seja feliz e abençoada!!!
Bjs de paz

Paullo disse...

Belo post! É admirável a delicadeza e profundidade de tuas palavras...escreva sempre e dê ao mundo o prazer de apreciar este teu belo dom...

elvira carvalho disse...

E não há amor maior do que o amor de mãe, não é mesmo?
Um abraço e bom Domingo

Ana disse...

A maternidade nos transforma. Bela postagem! Um abraço

Suelen Muniz disse...

Incrível como o amor de mãe pode modificar uma vida e torná-la ainda mais grandiosa.
Desse amor um dia ainda irei desfrutar.
Uma ótima semana,abraço Bel,=)

Emanuel disse...

Enfim, acabou.
Acabou, mas como vivemos em círculos e espirais, encantamentos, desencantamentos, esperanças, questionamentos, se integram e reintegram em nosso cotidiano.
Vivemos. E sobrevivemos a tudo.
Obrigado pela participação. E sigamos em Conversas Cartomânticas.

Luma Rosa disse...

Uma amor sublime!! Que se renova a cada dia, a cada sorriso, a cada manha ou manhã (rs*). Uma doçura, o seu amor!!
Bel, obrigada por participar da coletiva.
Boa semana!! Beijus,

Socorro Melo disse...

Oi, Bel!

Este sim, é um amor que podemos chamar de puro, de verdadeiro, de incondicional. Por ele somos capazes de dar a própria vida. Este amor nos torna melhores, mais sensíveis, e mais gurreiras.
Parabéns por tão grande amor.
Gostei muito do seu texto.

Grande abraço
Socorro Melo

xunandinha disse...

parabéns por ter um amor tão bonito, é sempre bom e parece tudo correr bem,beijinhos e parabéns

Adri disse...

Bel, vamos nos reintegrar, tomar posse do amor! Adorei suas palavras, muito bonita sua participação :) Beijos.

Lu Souza Brito disse...

Oi Bel,

Um amor maduro, sem loucuras, exageros.
Sublime.
Fofura de foto!

Bjao

RUTE disse...

Oi Bel,
que lindas vocês as duas aí na foto.
Fico feliz que você tenha se reencontrado no amor incondicional. Eu também.
Grata por ter estado conosco durante esses 5 meses. Foi bom demais compartilharmos momentos.
Beijinhos.
Rute

Adao Braga disse...

Que assim seja!

Bel Rech disse...

Bel..que linda postagem...esse amor intenso, integral e incondicional...
Paz e bem

LELLA disse...

Oi Bel!

Que bom que a maternidade veio com a maturidade. Pois ambas só tem a ganhar. E o mundo também. Já que receberá no futuro receberá um adulto com consciência.

Felicidadeb pra duas!
Beijos,