17 de abr de 2012

Por inteira

Segundo o dicionário Michaellis, Separar significa:

1 Apartar(-se), desligar(-se), desunir(-se)...


Separar é difícil, é algo que dilacera, que despedaça algo que foi unido em função de sonhos, desejos em comum. As dificuldades se apresentam de uma maneira que você pensa que não conseguirá vencê-las, a sensação de desgaste parece eterna. O desencantamento é evidente. O medo de um novo "fracasso" ronda a mente. As coisas deixam de fazer sentido. O vazio toma conta.


É um período de reclusão, de olhar para dentro de si e tentar entender onde e quando aconteceram os erros, os desgostos, as atitudes e palavras que levaram a este extremo. É conversar com si mesma e perceber que a vida nos oferece diversas oportunidades para ser feliz. É a busca pelo equilíbrio e pelas certezas que sempre tivemos em relação a nós mesmas, pois estas encontravam-se adormecidas.


O momento é de olhar pra você e mostrar para o mundo a pessoa maravilhosa que você é. É olhar com carinho os seus gestos, a entonação das suas palavras, é se permitir fazer carinho e dizer "Eu Me Amo!"


"A esperança não murcha, ela não cansa, também como ela não sucumbe a crença. Vão-se sonhos nas asas da descrença, voltam sonhos nas asas da esperança." (Augusto dos Anjos)

É o (re)começo, o início de uma nova vida, repleta de Esperança, confiança, serenidade, alegrias, novos desejos e sonhos renovados. O caminho pode ser longo, mas a vida se renova a cada dia. Motivação e disposição são as palavras de ordem. Encare-as, acredite em você, se dê uma chance e seja feliz!

"Recomeça... se puderes, sem angústia e sem pressa e os passos que deres, nesse caminho duro do futuro, dá-os em liberdade, enquanto não alcances não descanses, de nenhum fruto queiras só metade." (Miguel Torga)




Este post está participando da Blogagem Coletiva "Amor aos Pedaços", do blog da Luma.




12 comentários:

deiafofa disse...

OI!!!
Bel muito lindo texto!!!
Separação mesmo que sendo uma escolha é sempre traumática.
Beijos Gorduchos

Sandra Portugal disse...

Super interessante postagem!
Juntas na esperança!
bjs Sandra
http://projetandopessoas.blogspot.com//

RUTE disse...

Uiiiiii, se é Bel!!
Se é dificil a separação. Dificílimo!

O casamento é uma misturação. A gente já não sabe onde começamos nós e onde termina a outra pessoa, o marido, o filho, a filha. Na familia somos todos um.

Passar pelo processo de separação é filtrar o infiltrável. Sempre ficam residuos de tudo que se passou junto.
Adorei a simbologia.
Obrigada por compartilhar seus pensamentos criativos.
Beijinhos.
Rute

Mary disse...

Não é fácil, é duro, muito duro.
mas tudo se renova,
bjs

pensandoemfamilia disse...

Você fala do retorno tão importante que o de si mesma. Aprendemos mesmo na dor e a abertura se dá na esperança.
bjs

Suu Munizz disse...

Muito bonita tua participação!
Abraço,=)

Maria Luiza disse...

De tudo na vida, penso ser a separação a dor mais insuportável, mas quando a esperança habita em nós tudo fica mais viável! Parabéns pela participação! Grande abraço!

Michelle disse...

Sim! Motivação, disposição, ordem, serenidade, começo, recomeço: esperança!

Sua motivação marca sua disposição e nos induz a acreditar também, num compasso. Já que fé e esperança são indissociáveis, caminhemos!

Energia muito boa no texto, parabéns!

Um abraço,

Michelle

Luma Rosa disse...

Bel, para tudo na vida existe um limite e a separação, qualquer que seja, nos faz ultrapassar os nossos limites. Não é à toa que seu estresse é comparado a morte de uma pessoa próxima. Mas sempre é tempo de se encher de esperança e recomeçar!! Beijus,

Orvalho do Céu disse...

Olá,Bel querida
"O que me importa o tempo e o espaço,
Se trilhei caminhos orvalhados
Em busca do calor do teu abraço?"
(Auxiliadora)

EU ME AMO... e tenho Esperança em mim... Perfeito!!!


Concedei-lhe, ó Deus, prodigamente, o ORVALHO DO CÉU...
Até o próximo mês, se Deus quiser!!!
Abraços esperançosos de paz

"Jamais desista de ser feliz, pois a vida é um espetáculo
imperdível, ainda que se apresentem dezenas
de fatores a demonstrarem o contrário."
Fernando Pessoa.

Socorro Melo disse...

Olá, Bel!

Só quem passou pela experiência de uma separação, pode entender, de fato, o que diz suas palavras... Eu vivi essa experiência, e conheço toda a dimensão. Há momentos que a dor é tão grande, que parece que não existe saída, mas, a força interior, a quem chamo de esperança, junta os cacos de nossa decepção, enxuga nossas lágrimas, e nos aponta um caminho novo... E por esse caminho, encontramos nossa libertação...

Grande abraço
Socorro Melo

Lu Souza Brito disse...

Oi Bel,

Separar e a esperança de recomeçar, de se amar novamente, de dar um outro 'ar' para aquilo que parecia o final de tudo, o fim do mundo, das nossas forças e da nossa coragem.

Um abraço