15 de abr de 2012

Muito mais do que viver

Minha vida caminha a passos lentos. Assim vou seguindo, sem pressa e na certeza que tudo vai dar certo, que tudo tem sua hora e lugar. Apesar da intensidade dos momentos, a tranquilidade me acompanha, me aconselha, é minha amiga.
Os pensamentos flutuam de forma organizada, sem pirações confusões, as ideias surgem a partir de situações reais - as virtuais? deixo-as aqui mesmo - o meu mundo está quase em ordem. 
Quase?
É.
Sempre falta alguma coisinha. Coisinha que me deixaria numa felicidade completa, que me faria rodopiar, respirar fundo por falta de fôlego, deitar na grama e contemplar as estrelas. 


O MEU céu está lá, sei que está à minha espera. E, na oportunidade certa, me alcançará. Tocar o céu, refletir suas luzes, transcender o espaço que há entre nós. 
Somente o céu e eu. 
Somente nós dois.




Este post está participando da Blogagem Coletiva "Amor aos Pedaços", do blog da Luma.




6 comentários:

Luma Rosa disse...

Nas horas de desencanto precisamos manter a calma para encontrar caminhos para resgatar o ânimo pela vida.
Bel, obrigada por participar!

Orvalho do Céu disse...

Olá, querida Bel

"Tu és o orvalho que me beija"...
(Meliss)

Em pleno período pascal nos reencontramos para tecer o nosso Desencanto... entrelaçar partilhas de coração a coração...

Que lindo!!! O Desencanto nos leva ao Céu... vc disse muito bem!!!
Deus nos acolhe com o seu Bondoso Coração Santo e nos faz viver cá na Terra um pedacinho do Paraíso para que não sucumbamos à dor...
Ma-ra-vi-lho-so!!!
Empatia total com o seu post...

Obrigada por sua participação e nos vemos no próximo mês se Deus quiser!!!
Bjs de Paz e Esperança junto com o meu carinho fraterno

"Meu coração orvalhado
pleno de gratidão,
agradece a Deus"...
(Élys)

elvira carvalho disse...

O ser humano é insatisfeito por natureza. Logo felicidade completa não existe.
Um abraço e uma boa semana

Socorro Melo disse...

Oi, Bel!

Pois é, mesmo quando a nossa vida parece está em ordem, sempre falta uma coisinha importante, que poderia nos tornar mais completos, alegres, felizes, não é?
E às vezes, isto que nos falta, nos impõe certo desencanto, desânimo, mas... Mas o importante é não desistirmos nunca, e irmos à luta, em busca do que almejamos, se de fato for viável para a nossa felicidade. Desecanto? Aprendamos com ele, vençamos...

Abraços
Socorro Melo

RUTE disse...

Oi Bel,
indo devagar e consciente, a pessoa não se desencanta, é bem verdade.
Quanta serenidade na sua forma de escrever. Também estou assim, quase lá...
Mas decidi na 2ªfase da BCAP falar de como foi lá atrás, na épocas das confusões.
Beijinhos além-mar.
Rute

Cláudia disse...

Olá Bel
Gostava de poder dizer como você, "o meu mundo está quase em ordem". O meu mundo atualmente está bastante desordenado, mas mesmo assim não perdi o esperança de que tudo volte a entrar nos eixos, que tudo fique pelo menos quase bem. :)
O seu texto na verdade transmite muita paz e tranquilidade, é disso que muitas vezes preciso, acho que precisamos todos.
bjs